segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Quem foi o Dr. M. Matheus de Souza? (fonte: http://www.quiropraxia.com.br/Profissionais.html)

M. Matheus de Souza (*1940 – †2007) Foi o primeiro cidadão brasileiro a praticar técnicas de Quiropraxia em seu próprio país, iniciando suas atividades no ano de 1964, razão pela qual é considerado “Pioneiro da Quiropraxia no Brasil”, cuja trajetória profissional foi marcada pela luta constante em superar as dificuldades do exercício da profissão, como também por buscar incansavelmente sua regulamentação. Entre as décadas de 60 e 70, participou ativamente de encontros, congressos, simpósios, de cursos de pós-graduação na área da saúde, como ainda concedeu inúmeras entrevistas a jornais, revistas, rádios e televisões objetivando a divulgação da Quiropraxia. A partir de 1967, M. Matheus de Souza, adapta vários procedimentos típicos da escola americana, à realidade brasileira, devido às dificuldades em solicitação de exames complementares, principalmente radiológicos, para um diagnóstico diferencial mais preciso para aplicação da técnica, onde cria uma nova maneira de praticar a profissão, adaptando novos métodos diagnósticos e desenvolvendo uma seqüência de manobras gerais que foi chamado de protocolo básico e denominado como “Método Matheus de Souza”. Em 1980, fundou o hoje IBRAQUI – Instituto Brasileiro de Quiropraxia, que mantém acesa a chama dos ideais de seu fundador. No ano de 1988, fundou a ANQ – Associação Nacional de Quiropraxia, onde sempre atuou como presidente, sendo reeleito por mais 5 anos em novembro de 2006. Participou como um dos fundadores da ABQ – Associação Brasileira de Quiropraxia, em 1992, atuando como secretário geral até 1994. Foi colaborador convidado do Ministério do Trabalho em 1994, para a confecção do CBO-94 (Classificação Brasileira de Ocupações), e ainda participou como convidado na realização dos trabalhos conjuntos do Ministério do Trabalho, Universidade de São Paulo – USP e FIPE, para elaboração do CBO-2002. Sempre atuante na profissão, foi consultor e professor convidado, da primeira turma de alunos de 1997, do Curso de Habilitação Técnica em Quiropraxia do Senac – Unidade Tiradentes em São Paulo/SP., e no ano de 1999, foi consultor da Universidade Anhembi Morumbi em São Paulo/SP., para criação de um projeto inicial destinado á implantação do Curso de Graduação em Quiropraxia. Em 2004, fundou o IMAS – Instituto Matheus de Souza, para ser a empresa líder do grupo que até hoje mantém várias atividades, entre elas, o IBRAQUI BIOSYSTEMS (loja virtual e comercialização de produtos), LIVROS IBRAQUI (editora de livros, revistas e folhetos, que possui Departamento de Artes para atendimento externo), e o CIA – Centro Integrado de Atendimento (clínica de atendimento ao público em quiropraxia, atualmente sob a direção de Évora de Souza). Estudioso e pesquisador inveterado foi autor de alguns clássicos das terapias naturais apresentados a seguir: Iniciação à Quiropatia - 1ª edição em 1985, 7ª edição 1995 e versão digital em 2005, Editora Ibraqui/SP. Magnetoterapia - Ímãs para a Saúde (primeira obra a tratar do assunto em língua portuguesa) -1ª edição em 1986, 7ª edição 1996 e versão digital em 2005 - Editora Ibraqui/SP. Como Enxergar Bem Sem Óculos (divulgação do Sistema Bates para recuperação natural da visão) -1ª edição 1998 – Editora Ibraqui/SP. e 2ª edição em 2006 Ibraqui-Livros–/SP. Magnetoterapia - Para recuperar e manter sua saúde. - 1ª edição em 1999 – Editora Ibraqui – SP. e 2ª edição em 2005 – Ibraqui-Livros/SP. Manual de Quiropraxia - Ciência, Filosofia, Arte e Profissão de curar com as mãos - 1ª edição 2000 – Editora Ibraqui/SP. e 2ª edição em 2006 – Ibraqui-Livros/SP. Ainda foi autor dos capítulos: “Quiropatia” e “Magnetoterapia”, do livro “Medicinas Alternativas” – organizado por Paulo Eiró Gonsalves em 1989, editado pela Editora Ibrasa/SP. M. Matheus de Souza, será sempre lembrado na história e surgimento da Quiropraxia no cenário brasileiro, e hoje em continuidade ao seu legado, Ivan de Souza, Évora de Souza e Sureia Munhoz, continuam mantendo todas as propostas e o trabalho de seu fundador, alicerçando o IBRAQUI como o primeiro Instituto Brasileiro de Quiropraxia do país.